Blog

Fique por dentro de tudo o que acontece nos segmentos que a GT4W atua e saiba como agregar valor para sua empresa.

Belo Horizonte: Cadastro e Gestão do Inventário das Árvores

21/09/2018

O município de Belo Horizonte, apesar de ser a capital do estado de Minas Gerais e contar com mais de 2,5 milhões de habitantes, tem conseguido manter seu titulo de “cidade jardim”, por meio de projetos urbanísticos que privilegiam vegetação e árvores.

 

Responsável pela gestão do inventário das árvores do município, a Secretaria municipal de Meio Ambiente, por meio do projeto Inventário das Árvores, tem realizado cadastramento dos indivíduos existentes no município.

 

Antes do projeto, havia estimativa que fossem cadastradas cerca de 200 mil unidades, porém houve necessidade em ampliar o projeto que será finalizado com o cadastramento de aproximadamente 500 mil árvores.

 

 

Para cada unidade cadastrada, podiam ser coletados diversos dados, referente a espécie e situação do mesmo. Estes cadastros foram realizados em campo, por engenheiros florestais e engenheiros ambientais, por meio da FUNDECC (Fundação de Desenvolvimento Científico e Cultural).

 

Estes especialistas foram a campo, portando dispositivos móveis configurados com aplicação especialista, que permitia também a coleta de fotos para cada cadastro. A aplicação possuía questionário com 57 itens a serem verificados, alguns deles relacionados à saúde da árvore.

 

“Entre os itens, destacam-se aqueles relacionados à saúde da árvore e, caso seja verificado algum risco, tanto a população quanto a árvore, medidas serão tomadas automaticamente pela Prefeitura para que acidentes sejam evitados”, destacou a gerente de Gestão Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

 

As equipes internas da secretaria, por meio de um sistema de informação fornecido pela empresa GT4W, possuem agora banco de dados único e rico de detalhes, que são acessíveis, consultadas e editadas por meio de aplicação especialista. Esta mesma aplicação interna, por ser integrada com a aplicação de campo utilizada pelos especialistas durante o processo de cadastro, permite ao município manter atualizada a base de árvores, bem como prover estudos, análise e gerações de indicadores pertinentes a gestão do município.

 

 

Além do objetivo de entender a cobertura por árvores do município, o projeto busca estabelecer mecanismos de monitoramento e controle da arborização viária, em parceria com a CEMIG (Companhia Energética de Minas Gerias), melhorando o processo e reduzindo custos de manutenção das árvores.

 

Objetivasse também antecipar possíveis quedas de árvores, associando diversas informações e projeções, para sustentar a tomada as medidas preventivas em cada caso, uma vez que estas quedas podem causar perdas materiais e humanas.

Curtir
Please reload

Posts Relacionados

Assuntos

Please reload

Please reload

Comentários